Página Principal   
Sobre Gênero
Grupo Gênero
Notícias e Eventos
Links e Documentos
Fale Conosco




Grupo de Gênero (GG) tranforma-se em Comitê Pró-Equidade de Gênero CG

Composto por dois representantes de cada diretoria de FURNAS, este Grupo de Trabalho, constituído por Resolução de Diretoria, tem o propósito de incorporar a perspectiva de gênero nas políticas, normas e procedimentos estabelecidos nas práticas da gestão empresarial e do compromisso social de FURNAS.

Criado através da RD nº 002/2687, o Comitê coordenado pela Superintendência de Comunicação e Relações Institucionais -CR.P, tem como principal objetivo criar mecanismos que assegurem a equidade de gênero e a valorização da mulher, no âmbito da Empresa e comunidades onde atua. 

 

Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça


A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) criada em 2003, pela Presidência da República,  busca desenvolver ações conjuntas com todos os Ministérios e Secretarias Especiais, tendo como desafio a incorporação das especificidades das mulheres nas políticas públicas e o estabelecimento das condições necessárias para a sua plena cidadania. Percorrendo uma trajetória transversal em todo o Governo Federal, a SPM enfrenta as desigualdades e diferenças sociais, raciais, sexuais, étnicas sob a perspectiva do gênero.

Em 2004, ano da mulher no Brasil, e da criação do Comitê Permanente Para Questões De Gênero do Ministério De Minas Energia e Empresas Vinculadas, em união com representantes das empresas do setor elétrico, teve por objetivo divulgar e fomentar as ações afirmativas de gênero.

Em consonância com essas diretrizes, atendendo ao terceiro dos Oito Objetivos Do Milênio ( Igualdade Entre Os Sexos E A Valorização Da Mulher) a empresa cria o Projeto Construindo Em FURNAS Um Olhar Coletivo Sobre A Mulher Numa Perspectiva de Gênero.

Implantado a partir de 2005, o projeto elaborou uma base para a formulação das diretrizes para as mulheres sob a perspectiva da equidade de gênero. Essas diretrizes foram incorporadas à política a Responsabilidade Social de FURNAS, orientam a mudança de olhar voltada para mulher, especialmente no mundo do trabalho.

 

Trajetória do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça

 

A adesão de FURNAS à 1ª Edição do Programa Pro Equidade de Gênero, no biênio 2005/2006 é considerada um marco na história da estatal. Desde então, a empresa conquista nas 2ª e 3ª Edições, em 2007/2008/, 2009/2010, respectivamente, o Selo Pro Equidade de Gênero, da Secretaria de Políticas Para As Mulheres, sendo uma das nove empresas brasileiras que receberam as 3 Edições do referido Selo.

Em 2011, a empresa assina a 4ª Edição do Programa para o biênio 2011/2012, com o desafio de fortalecer as ações já em andamento e incorporar o tema raça.

 

Apresentação do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça

 

A garantia da autonomia econômica e social das mulheres é uma das condições estruturantes fundamentais para a transformação das condições de vida e desigualdade vivida pelas mulheres decorrentes das clivagens entre desigualdade social, de gênero e raça.

O compromisso da SPM/PR com a igualdade no mundo do trabalho, na perspectiva de gênero, está explicitado nos princípios e diretrizes da Política Nacional Para As Mulheres, considerando a diversidade de raça e etnia em conformidade com as recomendações das Conferências Nacional De Políticas Para As Mulheres, realizadas, em 2004 e 2007 e explicitada no Plano De Governo de 2008 a 2011 do Governo Federal:

“Fortalecer a democracia, com igualdade de gênero, raça e etnia, e a cidadania com transparência, diálogo social e garantia dos direitos humanos, visando à diminuição das desigualdades e discriminações sociais e econômicas de gênero, raça, etnia e orientação sexual no mundo do trabalho” (SPM).

Assim, a igualdade entre homens e mulheres, tem como uma das principais bases a autonomia econômica das mulheres e igualdade de oportunidade e tratamento das relações laborais na perspectiva da superação das desigualdades, opressão, violência e discriminação de gênero, raça, etnia, orientação sexual.

O programa atua sob dois eixos principais: 
1) Gestão de Pessoas, nas diretrizes de recrutamento e seleção, processo de capacitação e treinamento, ascenção profissional, plano de cargos e carreiras, salário e remuneração, programas de saúde e segurança, políticas de benefícios. 
2) Cultura Organizacional, com as diretrizes de mecanismo de combate às práticas de desigualdades e discriminações de gênero e etnicorracial, mecanismos de combate à ocorrencia de assédio moral e sexual, prática de sensibilização na cadeia de relacionamento da organização e propaganda institucional interna e externa.
 

Resultados e ações do Grupo Gênero em  2011

  • Plano de endomarketing – conjunto de ações e iniciativas sobre os 7 Princípios De Empoderamento Das Mulheres.
  • Desenvolvimento dos produtos de divulgação para todos e todas  empregado(a)s da empresa. Folder institucional, agenda de bolso, exposição, bloquinho de anotações e jogo da consciência sobre os  7 Princípios de Empoderamento das Mulheres – 7 PEM. A solenidade da premiação considerou os 15 finalistas e premiou 03 finalistas com passagens áreas e 1 hospedagem no Rio de Janeiro, e contou com a presença da diretora de planejamento, Dra Olga Simbalista, e representantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e da ONU Mulheres;
  • Entrevistas exclusivas para o site do Grupo Gênero
  • Celebração no mês da Mulher
  • Sessão Gênero de cinema leva tema de exploração sexual infantil para os empregado(a)s da empresa, como compromisso do Programa Na Mão Certa.
  • Sessão Gênero teve destaque na publicação relações de gênero na indústria – metodologia SESI, como prática inspiradora para promoção da equidade de gênero.
  • Celebração do dia do homem, em parceria com o Departamento De Prestação De Serviços De Recursos Humanos (DPH.G). A palestra , ministrada pelo Dr. Dráuzio Varella, a saúde do homem sob a ótica de gênero, teve transmissão simultânea para as áreas regionais.
  • Parceria com Ministério Público de Minas Gerais levando palestras e materiais lúdicos e educativos como folder, Cartilha Em Defesa Da Mulher, 5.000 Adesivos Disque 180  (violência contra a mulher) e disque 100 (combate a exploração sexual de crianças e adolescentes) para cerca de 3.000 pessoas.
  • Palestra com o assessor direto da Secretaria de Políticas Para Promoção da Igualdade Racial, com a palestra: “Mecanismos e inimigos invisíveis. As desigualdades e discriminações, por uma visão equivocada, se apresentam como realidades e não como  criadas por uma concepção redutora do humano, vigente entre nós ha séculos, que exclui ou diminui mulheres e negros”.
  • Apoio a 2ª Jornada De Educação Para A Promoção Da Igualdade Racial – Por Uma Infância Sem Racismo. Em Um Mundo De Diferenças, Enxergue A Igualdade. Furnas colaborou com 350 banners, 3.500 cartazes e 3.000 livros com o tema O Impacto do Racismo na Infância que foi distribuído na rede municipal de ensino. 
  • Participação nas Assembleias Gerais do Comitê Permanente  para as Questões de Gênero do Ministério de Minas e Energia e Empresas Vinculadas.
  •  Participação na III Conferência De Política Para As Mulheres.
  •  Reuniões sistemáticas do Grupo Gênero em diálogo com outros setores da Empresa para elaboração e acompanhamento  do Plano de Ação para a 4ª edição do selo Pro Equidade de Gênero e Raça do referido Programa.

    Resultados e ações do Grupo Gênero em 2012

    Programação realizada ao longo do mês de março em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que teve como tema a "Autonomia das Mulheres e Igualdade Étnica Também São Para Valer".  Conseguiu-se a adesão de 80% das áreas regionais da empresa na entrega de rosas e pronunciamento da alta direção da empresa com mensagem de valorização do trabalho da mulher lançada na intranet.
    Como fechamento das atividades promovemos a mesa redonda , de mesmo tema, e a premiação do II Jogo da Consciência " 16 dias de ativismo" com representantes da ONU Mulheres, Diretora da empresa, Ibase, UERJ, UFF e superentendência dos direitos da mulher da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro. SUDIM - SEASDH RJ/ Presidente Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Estado de Janeiro CEDIM RJ.
    Atividade externa do Grupo Gênero, em parceria com o “Projeto de Revitalização do Centro Comunitário de Vila Santa Tereza", em Belford Roxo, com palestra sobre equidade de gênero e violência doméstica.
    Sessão Gênero de cinema sobre a temática citada.
    No Programa de Integração de Novos Empregados (PINE), apresentação do Grupo Gênero e entrega de material informativo para a turma de 100 novos empregados.

    Exposição de Oficina de Bordados: Princípios de Empoderamento na Arte das Mulheres de Furnas, no escritório Central. Abordou a história do bordado e a importância deste espaço na construção da identidade feminina no mundo do trabalho.
    Programação externa: Exposição Mulheres Luminosas, projeto cultural patrocinado por FURNAS, no Museu da República.
    Participação no 7° Congresso do GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas) - Painel "Construindo Novas Pontes: O Feminino, as questões de gênero e o investimento social";
    Continuidade do planejamento e execução do Plano de Ação do Programa.

 

 

Missão


Contribuir para o fortalecimento da eqüidade de gênero e raça no âmbito da Empresa, com uma política alinhada às diretrizes do Comitê Permanente do Ministério de Minas e Energia e Empresas Vinculadas, da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e da política de Responsabilidade Social de FURNAS, contribuindo para a eliminação de todas as formas de discriminação.

Visão


Ser referencial de excelência no tratamento das questões de gênero e raça, no âmbito do setor de energia, tanto sob o ponto de vista empresarial quanto àqueles relacionados às comunidades circunvizinhas aos empreendimentos da Empresa.

 

Negócio


Promover, sob a coordenação do Departamento de Responsabilidade Social (DRS.P), órgão subordinado à Superintendência de Relações Institucionais (RIP), a implementação de um plano de ação específico, voltado para procedimentos e políticas que impactem o público interno e as comunidades do entorno dos empreendimentos, capaz de trazer a FURNAS um novo olhar sobre a equidade de gênero e raça.


MEMBROS DO COMITÊ GÊNERO DE FURNAS (conforme RD/)


Diretoria da Presidência - DP 

Ana Cláudia Fernandes Gesteira (Coordenação/ Titular)
Sandra Aparecida S. Fonseca ( Suplente)

Diretoria de Administração - DA

Elaine Gomes Maia (Titular)
Maxine Fernandes Pereira Cardozo (Suplente)

Diretoria de Engenharia, Meio Ambiente, Projeto e Implantação de Empreendimentos - DE

Simoni Affonso Viggiani (Titular)
Márcia Borio (Suplente)

Diretoria de Gestão de Novos Negócios e de Participações - DN

Rogéria Fernanda Zimmermann Maciel (Titular)
Luis Gustavo Moraes de Azevedo (Suplente)


Diretoria de Manutenção e Operação - DO

Maria Cristina Papadopoulos de Souza (Titular)
Michelle Taveira Telles (Suplente)

Diretoria de Finanças - DF

MEMBROS DO GRUPO GÊNERO DE FURNAS (conforme RD/2006)

 
DP - Diretoria da Presidencia

Miriam de Azevedo Sá Rego (coordenação)
Teresa Cristina Barcellos Rodrigues (titular)
Maria Elisabete Salgado (suplente)
Beatriz Maria do Prado Barreira (suplente)

DG - Diretoria de Gestão Corporativa

Helena Elizabeth K. de Bragança (titular)
Dulce Maria Bentes do Couto  (suplente)
Vanice da Silva Lopes (suplente)

DC - Diretoria de Construção

Ione Perdigão Correa (titular)
Luciana Araújo Gomes (suplente)
Gunther Benedict Craesmeyer (suplente)

DO - Diretoria de Operação do Sistema e Comercialização de Energia

Helena Luisa Leitão de Oliveira (titular)
Guilherme Sarcinelli Luz (suplente)
Sheila Queiroz Gonçalves (suplente)

DF - Diretoria Financeira

Angélia Soares da Silva Loureiro (titular)
Geórgia Gurgel Grossas Araújo (suplente)
Márcia da Silva Santos (suplente)

DE - Diretoria de Engenharia

Gilberto de Paula Silva (titular)
José Augusto Ferreira de Morais (suplente)

Fabiana Peçanha as Silva Barros (suplente)